segunda-feira, 19 de março de 2012

Poesia Esotérica


Bifurcação na Estrada

Não acredite que o caminho interior aceita compartilhar
Você com seus próprios caprichos,
Seus propósitos mundanos e vaidade...

Esqueça essa possibilidade medíocre de apegados
Caminhe pela senda interior
E viva a vida exterior com aquela mesma pouca importância
Que você realiza suas necessidades básicas...

Não possível caminhar dois caminhos...
É impossível caminhar com um pé em cada vereda
Porque há uma bifurcação na estrada
Que por um tempo vão paralelas...
Caminhe com um pé em cada caminho, e seja medíocre...
Cheguei à bifurcação da estrada,  Adeus!

Saturnino Queiros
J.Nunez

quarta-feira, 14 de março de 2012

Poesia Esotérica Imparcialista


Adoração à essência humana

A vida é um único ponto,
E esse ponto é o seu coração.

Habite em seu templo coração
E nada mais...

Todo o poder se emana desse único ponto,
Onde mora a vida, a eternidade, a devoção,
O prazer da alma e a morte.

Não pense involuntariamente,
O pensar, desse modo, mata...
Não pense! E viverá eternamente.

Saturnino Queiros
J.Nunez

segunda-feira, 12 de março de 2012

Postagens populares