segunda-feira, 27 de maio de 2013

Meu sol na casa doze.


Refúgio

Estou tão acostumado comigo
Que procuro alguém em mim
Que possa relacionar e interagir
Com o mundo e o outro...

Tenho dificuldades
Para estar no mundo,
E muita intimidade
Com o interior de minha alma

Onde eu moro e me refugio
E de onde trago a tona o inconsciente coletivo
De meu sol na casa doze.

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares