quarta-feira, 26 de março de 2014

Poesia espiritualista

Saudade Interior  

Faz tanto tempo que não me vejo....
Faz tanto tempo que não encontro comigo mesmo;
Devo ter mudado muito!

Da última vez que me vi,
Eu  andava com a alma
Com muita ânsia de Deus.

A vida cotidiana
Faz esse desencontro autodestrutivo...

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares