quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Pecados mentais

Pecados Mentais


Longe dos olhares da sociedade
Longe dos conceitos,
Longe dos valores,
Longe das reputações...
Estão os pecados mentais...

Eles são gigantescos e assustadores
Eles são dissimulados e muito perigosos
Porque eles não atuam a olhos vistos...

Eles atuam em nossa solidão,
Em nossos preconceitos,
Em nossas imaginações,
Em nossos sonhos,
Em nossos pensamentos
E podem passar ignorados por muito tempo,
Não que sejam insignificantes,
Mas porque não representam um DANO a nossa reputação social.

Eles nascem de nossos vícios não praticados em sociedade...
Eles nascem do imaginado, pensado e sonhado,
Sem ser executado aos olhos dos outros.
Eles são a válvula de escape para um pecado muito
Efetivo e danoso a nossa reputação.

Vivemos o pecado mental, confortavelmente,
Através de um VÍCIO que podemos praticar a sós,
Longe dos olhos reprovadores, e de nossa reputação social,
No entanto, temos a consciência de sua maldade,
De seus danos  e de o quando somos degenerados
Praticantes de pecados mentais.

Estamos sempre dispostos a perdoar nossos pecados mentais
Porque eles representam, por um tempo, dos males o menor.
Como tudo tem a sua “hora da morte” é a hora do pecado mental.

Na dimensão mental temos virtualmente,
Todas as ruas, as casas, pessoas, coisas e todos os lugares
Onde praticaríamos nossos pecados e vícios no MUNDO REAL.  

Murilo Santiago
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares