sábado, 14 de fevereiro de 2015

Poesia esotérica

Sobre a linha do destino

Sobre a linha do destino tudo se repete
Em forma de dramas, tramas,
Suspenses, traumas, comédia e tragédia...

Um menino anda sobre a corda bamba do destino...
Inconscientemente o menino se faz homem
Caminhando sobre essa corda.

Um dia o homem recorda do menino que ele foi,
E descobre um fio, uma linha reta,
Uma corda por onde ele passou,
Inconscientemente,
De menino a homem sobre a corda do destino.

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares