segunda-feira, 6 de abril de 2015

Poesia cosmonírica imparcialista

Túmulos

Meus corpos estão espalhados em túmulos
Em diversos lugares do mundo.
Na sepultura está escrito o nome do sepultado:
Mário Pedra; na Idade Média.

O Menino de cabelos claros,
Rosto oval, alongado e amarelado,
Com idade perto de 12 anos,
Deitou-se no túmulo coberto de pedras...

Perguntei- lhe:
_ Quem ai está enterrado?
Ele respondeu:_Você!
Depois me perguntei:
_ Mas quem é esse menino?

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez

                     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares