sábado, 23 de maio de 2015

Poesia religiosa



Guarita

Meu coração é guarita,
Ponto estratégico,
Posto de ataque,
Ponto de partida.

Pensamentos vagabundos,
Libertinos e cotidianos
Passam e me levam.

Minha alma é coisa eterna e cara.
Não pode ir por ai
Com qualquer pensamento vulgar.  

Preciso me lembrar a todo tempo
Que eu sou o vigia
E não posso abandonar o posto,
E passar o dia vagando por ai...
Junto com esses pensamentos vagabundos.

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares