segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Poesia esotérica

Senda 

Igual as palavras duras e firmes de um pai, 
O mestre disse:
"Não existe mestre para os de senda sem profundidade." 
Suas palavras ainda me dói e me faz desmerecedor.

J.Nunez  

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Poesia espiritualista

Exército de espectros

Fantasmas de todos os tempos
Assombram a minha casa interior.
Os pensamentos são inimigos, demônios,
Fantasmas vivendo o meu cotidiano, o meu instante...
Perturbando o meu dia e a minha noite.

O pensamento, a sensação, o sentimento
E a ilusão estão para esses inimigos
Como uma cortina que os esconde.
  
Sou um soldado contra um exército de espectros,
Sou um sacerdote contra uma legião de demônios,
Sou um contra todos...
Quando sou um,
Sou a essência e a consciência de ser.

J.Nunez


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

poesia religiosa

Guerra no céu

Flexibilidade,
Frouxidão,
Passividade,
Paixão,
Conformidade...

A flexibilidade tem sido fraqueza e debilidade.

Guerra,
Luta,
Altivez,
Dureza,
Força...


J.Nunez

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

O Templo

Meus olhos contemplativos

Acompanhado por dois  amigos
Procurei o templo
O templo havia  se tornado comércio.
Chorei, lamentei sozinho tamanha desgraça, tamanha miséria,
Feito Jó sobre  as cinzas.

Morte a todas os discursos! 
Eu quero de volta os meus olhos para a Mães de Deus.

Meus olhos contemplativos, 
A morte do pecado,
Minha simplicidade de camponês
E meu arrependimento diante da Mãe de Deus.

J.Nunez  

Postagens populares