quarta-feira, 30 de março de 2016

A morte das ilusões

No Espelhos das ilusões

Me vejo projetado em dezenas de espelhos;
Sempre pensei que eu era a imagem
Projetada no espelho das ilusões...

Semelhante a uma criança que se descobre no espelho,
Descubro que não sou a imagem
Projetada e construída pela vaidade e o orgulho...

Eu ainda ficava furioso quando o mundo
Não correspondia com a minha imagem projetada.
Encontrei a paz ao descobrir a mentira
De ser a imagem do espelho.

No interior dessa crosta grotesca de ser ilusões,
Em estado bruto, descobri a pedra do verdadeiro ser
Que brilha com a morte das ilusões.

J.Nunez      30-03-2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares