sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Poema Reencarnação

Na primeira respiração dessa vida,
Estava ali no berço,
Uma criança invensiva
Com a alma de um homem
Com muitos inimigos.

Porém, o homem de novo no corpo
De um menino  recém nascido,
Sabia que não era possível encontrá-lo,
Mas lamentou o peso de uma nova existência.

J.Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares