quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Poesia esotérica

Enigmáticos 

Ao longe a montanha
Se  configura em castelo...
As portas da sala de misticismos
Se abriram para mim.

No umbral fiz o cumprimento sagrado,
Dentro da sala de misticismo,
Dois velhos iguais
Um deitado em cada canto da sala.

Um deles me chamou
Pelo meu nome de batismo,
E me disse através  enigmas,
Me disse através de símbolos.
Eles são o meu grande enigma.

J.Nunes  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares