quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A ave fênix

A ave amarela
Igual a uma ave Fênix
Bela e de penas espalhafatosa
Veio de longe,
Passou sobre minha cabeça,
Parecia uma ave de Feng Shui.

Na tela celeste
Uma barragem de nuvem,
Uma barragem de terra
Se desfazia com uma avalanche
Que ao cair formava pessoas
Que lutavam com sigo mesmas.

A ave amarela
Renasce de si mesma.

J.Nunes




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares