quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

O anjo azul


No caminho o corvo semi morto.
Entre algumas capelas
A capela de São Francisco
É a que mais me atraiu.

O santo crucificado
Apareceu, prevemente,
Depois apareceu em forma de um anjo azul,
Feito de gesso e inda não acabado.

Me disseram que o santo
Não gostava que o tocassem,,
Perguntei aos presentes:
- O Santo Crucificado, igual ao Cristo,
ainda não morreu com a ira?
Logo compreendi que o anjo, ainda em construção,
Me convidada para a morte do ego.

J.Nunes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares